• Compartilhe no Facebook
A direção da Câmara de Dirigentes Lojistas de Francisco Beltrão (CDL) está questionando a administração municipal que, mesmo neste momento atípico devido a pandemia do coronavírus, a cidade receba a decoração de Natal no final do ano. “Nos últimos anos a decoração de Natal de Beltrão teve um grande salto de qualidade e atraiu milhares de pessoas, contribuindo diretamente nos setores de comércio, serviços e gastronomia”, relata Vera Dal Pubel, presidente da entidade.

 

Por meio de ofício encaminhado ao poder público municipal, ela relata que a CDL está ciente das restrições e cuidados que o momento exige, mas sugere que é possível conciliar a saúde das pessoas e a manutenção das atividades. “Algumas iniciativas não podem ser deixadas de lado e num momento como este ganham ainda mais relevância para manter o ânimo da comunidade, além de contribuir decisivamente para o bom andamento da economia do município”, relata a dirigente do comércio.

 

Para a entidade que representa os lojistas do município, “mais do que embelezar a cidade, em 2020 a decoração de Natal será um símbolo de otimismo do maior município do Sudoeste, pois a população aguarda o Natal com muita expectativa”. Vera diz que o tema foi debatido pela diretoria e associados e dentro da entidade a posição é unânime no sentido de que a cidade receba uma atraente decoração, a exemplo do que aconteceu nos últimos anos, tornando Francisco Beltrão referência estadual quando se trata do Natal.

 

Com Assessoria