• Compartilhe no Facebook

Na manhã desta sexta-feira (13), funcionários da empresa Guancino, responsável pelo transporte coletivo urbano de Francisco Beltrão anunciaram greve parcial através do SINTROFAB (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários).

Em conflito com a empresa há vários meses, 22 funcionários resolveram parar alegando a falta de recebimento de um valor acrescentado anualmente à categoria, ajustado de acordo com o tempo de trabalho. Outras questões que se somam a esse desacordo é a saída dos cobradores, além de reajuste zero nos salários.

Pela tarde, a prefeitura de Francisco Beltrão se manifestou notificando à empresa Guancino para que regularizasse a situação em até 48 horas, cabendo sanções em caso de não cumprimento.

A empresa se manifestou através de nota oficial informando que há encargos no sistema de transporte urbano que assume sozinha, que cumpre com os salários e encargos e que apesar da redução no número de passageiros foram mantidos os mesmos números de viagens e linhas. Também alega que a greve tem cunho político por ter sido deflagrada dois dias antes das eleições municipais.