Menu Envie sua pauta
Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
11 de abril de 2021
Rádios

Excesso de chuvas pode prejudicar safra de verão no Paraná

Volume de grãos colhido até aqui é 3% menor do que na última safra.

Agricultura

por Lucas Maciel

Publicidade

Após ter o início do plantio atrasado por conta da seca, a safra de grãos 2020/21 está sendo prejudicada pelo acumulado de chuva no mês de janeiro.

No estado do Paraná a principal preocupação é com as culturas de soja, milho e feijão; este último em particular por conta da dificuldade da colheira.

Segundo a Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento, a produção aponta para um volume de 24 milhões e 200 mil toneladas de grãos, 3% abaixo do que foi colhido na safra passada.

Em Francisco Beltrão as precipitações no acumulado mês já passam de 400 milímetros, segundo o Simepar. A média histórica registrada pela estação meteorológica para o período é de 170 a 200 mm.

Publicidade
Publicidade

O problema maior está nas regiões Oeste e Sudoeste, onde concentra cerca de 30% da produção de milho de primeira safra, e as chuvas estão sendo mais volumosas com impacto maior sobre as lavouras.

A área ocupada com milho de primeira safra é de 359 mil hectares, com produção esperada de 3 milhões e 400 mil toneladas. Esse volume é 6% inferior ao colhido no ano passado que foi de 3 milhões e 560 mil toneladas.

 

Publicidade