A Tocha Olímpica chegou em Brasília hoje, 03, pela manhã, acompanhada de dois caças da Força Aérea Brasileira. Na chegada, estavam presentes, o presidente do comitê olímpico brasileiro, Carlos Arthur Nuzman, o Ministro do Esporte, Ricardo Leyser e o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

Agora, iniciou o revezamento da Tocha Olímpica, que vai passar por mais de 300 cidades até o início das Olimpíadas – daqui a 94 dias – entre os dias 5 e 21 de agosto. No Sudoeste do Paraná, daqui a exatos 59 dias, em 2 de julho, a Tocha Olímpica vai passar. O percurso começa em Realeza, passa por Francisco Beltrão e pernoita em Pato Branco.

Serão 66 pessoas selecionadas (22 de cada cidade)  para conduzir a Tocha. Em Francisco Beltrão já está definido o nome da professora de voleibol Ilda Schmitz. Ela foi indicada pela secretaria de esportes da cidade e afirmou que está muito contente com a situação. “Todos os dias eu acordo e durmo pensando nisso. Fiquei muito feliz por ser indicada”,  disse Ilda. Ela já recebeu um manual do que pode ou não ser feito durante a condução da tocha e declarou que está tranquila. Ilda comentou também, que há a possibilidade de adquirir uma réplica da tocha, mas custa R$ 1.985,90. “É um custo elevado, mas meus amigos já estão viabilizando o dinheiro. Além da memória, de estar participando de um evento mundial, também terei uma réplica oficial da Tocha na minha casa”, finalizou.

Ouça  a entrevista da professora Ilda Schmitz. Ela conta em detalhes tudo que irá acontecer no dia 2 de julho em Francisco Beltrão: