O Palmas Esportes recebeu o Atlântico de Erechim para a partida de volta da Copa do Brasil de Futsal. A partida foi realizada na noite deste domingo, dia 30, no Ginásio Monsenhor Engelberto e apesar de ter perdido por 8 a 0 na partida de ida, a torcida palmense lotou as arquibancadas para incentivar o tricolor palmense.

Mostrando intensidade, mais maturidade e entrosamento, os palmenses criaram excelentes oportunidades, mas não conseguiram vazar o goleiro Djony do Atlântico, atual campeão gaúcho e vice campeão da Taça Brasil 2017. Mostrando grande repertório nas jogadas e com uma troca constante de jogadores, os visitantes não erraram quando criaram as oportunidades e venceram por 4 a 0.

O presidente do Palmas Esportes, José Luiz Strapasson avaliou positivamente a participação da equipe na competição “todos sabem que nosso projeto é de longo prazo, o convite veio da Federação e resolvemos encarar a competição. Como a Copa do Brasil foi regionalizada na primeira fase e sabemos que no sul estão as melhores equipes do futsal nacional, infelizmente não conseguimos avançar diante do Atlântico, porém o aprendizado que se leva de enfrentar uma das equipes de ponta do futsal nacional é algo que vamos aproveitar para a nossa grande missão neste ano que é a Série Prata do Paranaense. Parabenizo meus atletas e toda torcida que veio e nos apoiou”, destacou o dirigente.

O capitão palmense Alex Burrego destacou o alto investimento dos gaúchos “eles têm uma folha de 220 mil por mês, nós 22 mil, fica claro que o poderio econômico também faz a diferença neste nível de competição”, avaliou.

O técnico André Carrinho aproveitou para agradecer a todos “Queríamos avançar de fase, mas sabíamos da qualidade da equipe que estava do outro lado. Vamos procurar aprender com tudo que aconteceu dentro e fora de quadra, recebemos muitas dicas do supervisor e preparador físico da equipe do Atlântico uma pessoa excelente, humilde e extremamente vencedora que se colocou à nossa disposição para nos ajudar”, disse Carrinho. Bueno aproveitou para agradecer a Federação Paranaense de Futebol de Salão através do presidente Jesuel por acreditar em Palmas e oportunizar ao Palmas Esportes a grande responsabilidade de representar o Paraná.

“Não posso deixar de agradecer muito a nossa torcida que mais uma vez mostrou todo seu amor pelo nosso futsal e lotou o ginásio. Isso nos da força e coragem para continuar a luta dentro do esporte”, finalizou o treinador.

Agora o Palmas foca na partida do próximo sábado diante do Mariópolis no clássico regional, os palmenses querem apagar a má impressão deixada na goleada que sofreu diante do São José dos Pinhais e reescrever sua história no paranaense. O jogo está marcado para sábado às 20h30 no Ginásio Monsenhor Engelberto e terá transmissão ao vivo da Rádio Club AM de Palmas.