Terminou sábado, 18, em Francisco Beltrão, a 44ª Taça Brasil de Clubes. O Joinville Esporte Clube confirmou o favoritismo e ficou com o título da competição, que garante vaga na Libertadores da América. O time do técnico Vander Iacovino derrotou o Atlântico, de Erechim (RS), na final, por 3 a 0. Na semifinal, a equipe catarinense já havia derrotado o Minas Tênis Clube, por 3 a 1. O Corinthians, que perdeu para o Atlântico na semifinal, na prorrogação, por 4 a 3, ficou com o quarto lugar. As duas equipes paranaenses, Cresol/Marreco e Copagril/Marechal, não se classificaram para a reta final da competição.

O Goiás Esporte Clube e o Balsas (MA) foram rebaixados para a segunda divisão da Taça Brasil de Clubes. No ano que vem, estarão na Divisão Especial o Horizonte (CE) e o Constelação (RR), que foram os finalistas da divisão de acesso da competição da CBFS (Confederação Brasileira de Futebol de Salão).

Artilheiro e goleiro

O pivô Johnny Gomes, do Corinthians, foi o artilheiro da Taça Brasil de Clubes, com 5 gols. O goleiro Willian, do JEC/Krona, foi o menos vazado da competição, com 5 gols levados. O Joinville ganhou também o troféu disciplina.

Premiação

Várias autoridades estiveram presentes na cerimônia de premiação, sábado à tarde, no Ginásio Arrudão. O troféu de campeão da Taça Brasil foi entregue ao capitão do JEC/Krona, o ala Xuxa, pelo presidente da CBFS, Marcos Madeira. O prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana (PSDB), entregou o troféu de vice-campeão ao capitão do Atlântico, o pivô Keké, que não participou da final porque foi expulso na semifinal contra o Corinthians. Também entregaram premiações o secretário de Esporte de Francisco Beltrão, Otávio Ricardo Muniz, o Tavico, a diretora do Departamento de Cultura, Mariah Ivonete Silva, o vereador Léo Garcia (PSC), o presidente da Federação Paranaense de Futsal (FPFS), Jesuel Laureano de Souza, o vice-presidente, Neocir Nezze, o Cipó, e o presidente do Cresol/Marreco Futsal, Ivo Dolinski.

Marreco

O time do técnico Fabinho Gomes terminou a Taça Brasil com seis pontos conquistados. Foram duas vitórias, contra Balsas (7 a 2) e ABC (4 a 1), e duas derrotas, contra Atlântico (4 a 3) e Joinville (1 a 0). Marcelo Rodrigues, comentarista do SporTV, esteve em Francisco Beltrão durante a semana, e colocou o ala Guina, do Cresol/Marreco, entre a seleção da primeira fase da competição. O destaque positivo da Taça Brasil para a equipe beltronense foi o ala Emerson, que marcou o seu gol número 100 na história do clube.