• Compartilhe no Facebook

Foto: Celso Sangaletti/ Master Chopim

A comunidade de Alto Santa Rosa, Saudade do Iguaçu, foi palco neste final de semana, do encontro “Maestros da Bola – A bola passa, amizade fica”. O evento, que reuniu amantes do futebol da região e alguns nomes do futebol nacional, foi realizado na propriedade da família Sangaletti. O jogo festivo terminou empatado em 3 a 3. Essa foi à segunda edição do encontro.

O empresário Celso Sangaletti, um dos organizadores, contou que a ideia do evento é reencontrar velhos amigos do futebol e mostrar que a amizade prevalece acima de tudo. “É o segundo encontro, cada vez fica melhor né, vem pessoas diferentes, foi sensacional e o ano que vem vai ser melhor ainda”, disse. Esse ano, além de Chopinzinhenses que fizeram história no futebol, como Giovane Vetorello e Chiquinho Nissola, o evento contou ainda com a presença de Jair e Bill, integrantes do Master da Chapecoense, Schmidt, que defendeu o Cascavel, o Joinville, entre outros clubes do Brasil. Até mesmo o futsal foi representado no encontro, com Tonhão, Clebinho Paraná e Vitor Hugo, da Acel Chopinzinho.

  • Compartilhe no Facebook

Foto: Celso Sangaletti/ Master Chopim

  • Compartilhe no Facebook

Empresário Celso Sangaletti foi um dos responsáveis pela organização. Foto: Evandro Artuzi/Extra FM

De acordo com Celso Sangaletti, o atacante Dagoberto, ex Atlético Paranaense, São Paulo, Cruzeiro, Internacional, Vitória e Vasco, também foi convidado a participar, mas já tinha outro compromisso agendado e não pôde se fazer presente. “Fizemos o convite, mas como foi de última hora ele já tinha outros compromissos. Além dele, outros atletas também mantiveram contato informando que não poderiam estar conosco por motivo de férias com a família, mas para  aproxima edição vamos nos organizar melhor, começando os convites ainda no mês de agosto”, revelou.

A reportagem da Extra FM/RBJ acompnhou o evento e conversou com Schmitd (Ex-Cascavel e Joinville) e Bill e Jair (Master da Chapecoense). Os três eloguiaram a iniciativa do grupo de amigos de Chopinzinho pela realização do encontro. Bill e Jair ainda fizer questão de destacar a má fase da Chapecoense no Campeonato Brasileiro de 2019, quando a equipe foi rebaixada para série B da competição. Segundo eles, não adianta culpar a comissão técnica e os jogadores, o problema foi mais admisitrativo do que técnico.

Apesar do rebaixamento, ambos estão confiantes no regresso breve da equipe à série A. Bill e Jair afirmam que a torcida jamais vai deixar de apoiar a equipe e, da mesma forma, os patrocinadores. “Apoio em Chapecó vai ter, por que os torcedores nunca deixaram de nos apoiar, pode ter certeza que a Chape esse ano vai voltar forte, com uma conduta diferente e os torcedores vão apoiar os jogadores”, disse Bill.

Entrevista Celso Sangaletti e Schmitd… 

Entrevista com Jair e Bill (Master da Chapecoense)