O que era para ser uma partida de consolidação de bom desempenho, após uma excelente vitória sobre o Pato Futsal por 5 a 0, acabou escancarando a ineficiência do Santa Pelizzari Palmas em jogos longe de seu domínio, especialmente diante de adversários que estão na parte de baixo da tabela. Aquele time valente das partidas em casa não consegue repetir a mesma força quando atua fora do Monsenhor Engelberto e vira presa fácil dos adversários. Foi assim que os palmenses amargaram a quarta derrota na competição.

Jogando no Ginásio Lagoão, em jogo válido pela 13ª rodada do Paranaense Série Prata, o tricolor perdeu por 7 a 5 para o Apucarana. Sem contar com a comissão técnica e cinco jogadores, dos quais quatro eram titulares, que pediram desligamento da equipe por falta de pagamento, o Apucarana demonstrou mais vibração e empenho para derrotar, sem dificuldades, o  líder Santa Pelizzari Palmas. Os palmenses estavam desfalcados de Jean Neguinho que se contundiu na partida com o Pato e Ulisses que no final do treino de sexta-feira sentiu um entorse no joelho e preocupa a comissão técnica para o restante da temporada.

Com uma postura tática definida de marcação na sua linha de defesa, os apucaranenses chamaram os palmenses para sua quadra e aproveitaram-se dos erros de passes para retomar a posse de bola e encaixar excelentes contra-ataques. O primeiro tempo foi de amplo domínio do Apucarana, Palmas tentava de todas as formas chegar ao gol adversário, mas só começou a criar chances quando utilizou-se do goleiro-linha, entretanto, o primeiro tempo terminou 4 a 1 para os mandantes.

Com 3 minutos do segundo tempo o placar já era de 6 a 1 para os donos da casa. Revezando com apenas um atleta no banco, o Apucarana cansou e o Palmas conseguiu marcar três gols. Porém, arriscando-se com goleiro-linha e errando passes demasiadamente, o time acabou tomando o sétimo gol. Ainda deu tempo para Alex Burrego diminuir, mas ficou nisso, vitória merecida para o determinado time do Apucarana pelo placar de 7 a 5.

Ao final do jogo, os jogadores do Palmas apontaram vários fatores para a derrota: Cansaço físico por ter jogado no meio de semana e Apucarana não; viagem longa de quase 500 quilômetros até Apucarana e a falta de atenção. Mesmo com a derrota e graças ao empate do Pato Futsal com o Campo Mourão em 1 a 1, os palmenses permanecem na liderança da Série Prata com 23 pontos, entretanto podem deixar o topo da classificação caso o São José vença o Apucarana na próxima quarta-feira (6), em jogo atrasado da 12ª rodada.

No próximo sábado, em casa, às 20h30, o Santa Pelizzari recebe o Novo Futsal São José para reencontrar o bom futsal.

Resultados da 13ª Rodada

Apucarana 7 x 5 Santa Pelizzari Palmas
Pato Futsal 1 x 1 Campo Mourão
Ivaiporã 2 x 2 Itaipulândia
Monte Sião Paranaguá 4 x 2 Mariópolis
Novo Futsal São José 3 x 2 Irati

Classificação

1º Palmas 23 pts
2º Pato Futsal 22 pts
3º Novo Futsal São José 21 pts
4º Campo Mourão 17 pts
5º Irati 17 pts
6º Mariópolis 17 pts
7º Apucarana 16 pts
8º Itaipulândia 16 pts
9º Monte Sião Paranaguá 10 pts
10º Ivaiporã 10 pts

* 2º, 3º, 4º, 6º, 7º e 10º com 1 jogo a menos.

Ficha Técnica

Data: 02 de julho de 2016
Apucarana 7 x 5 Santa Pelizzari Palmas
Local: Ginásio Lagoão

Árbitro 1: Alessandro Belentani (Nova Esperança)
Árbitro 2: Marcelo de Oliveira (Nova Esperança)
Anotador: Zilbo Tomaroli Filho (Maringá)
Cronometrista: Emerson Guilherme de Souza (Maringá)
Santa Pelizzari/Palmas Esportes: Victor Hugo, Caio, Fio, Burrego e Renan. Entraram: Ronaldo, Tibagi, Elisson e Naninho. Técnico:André Carrinho.

Apucarana: Abidio, Andinho, Pedro, Muller e Robson. Entrou: Alan. Técnico: (-).

Gols: Palmas – Alex Burrego (12’40/1º e 13’59/2º), Tibagi (3’31/2º), Naninho (9’30/2º) e Renan (10’50/2º).
Gols: Apucarana – Robson (0’39/1º), Pedro (4’59/1º e 3’20/2º), Andinho (9’55/1º, 17’45/1º e 13’40/2º) e Alan (1’30/2º).

Cartão amarelo: Victor Hugo (P), Elisson (P) e Ronaldo (P). Robson (A).
Cartão vermelho: Ronaldo (P)

Fonte: Equipe Gol de Placa

A equipe Gol de Placa da Rádio Club AM transmite todos os jogos de Palmas na competição. Apoio: