Pela quarta rodada do paranaense da segunda divisão, o Clube Esportivo União foi a Ponta Grossa enfrentar o Operário. O confronto era entre dois times invictos na competição. Como se esperava, o jogo foi bastante equilibrado.

O primeiro tempo começou com o Fantasma assombrando a vida do União. Apesar de não criar grandes chances, o time alvinegro pressionou com a marcação no campo de ataque. Aos 7 minutos, Juvenal cortou o zagueiro do adversário, mas a bola saiu por cima do gol. O primeiro lance de perigo do Operário saiu aos 17 minutos. Após boa triangulação, Washington ficou com a bola e arrematou contra o gol de Marcos Paulo, mas a zaga do União conseguiu bloquear, evitando o primeiro gol do operário. Aos 24 minutos, Willian roubou a bola e saiu na cara do goleiro Simão. O meia foi travado e Peixoto mandou para escanteio.

O Fantasma tinha mais posse de bola e o União aproveitava os contraataques em velocidade. aos 28 minutos, Alisson se esforçou, evitou a saída da bola e cruzou. Diego Macedo cabeceou e o goleiro Marcos Paulo fez a defesa com segurança. Seis minutos depois, a melhor chance do primeiro tempo. Jean Carlo cruzou e Chicão, de primeira, mandou para o gol, para a boa defesa do paredão Marcos Paulo.

A defesa do União foi o destaque da primeira etapa, resistindo bem a perssitência do Operário. O técnico Ivair Cenci foi para o vestiário ciente de que o time fez um primeiro tempo, apesar da pressão do time que jogava em casa.

Na segunda etapa, O união voltou disposto a vencer o fantasma. Porém a primeira boa jogada foi do adversário, que aos 4 minutos que chutou com Dione, para a boa defesa de Marcos Paulo. Aos 10 minutos, Sato finalizou cruzado e a bola passou raspando a trave. Aos 35, o lance decisivo. Dione mandou a bola para a área, a zaga do União esperou pelo impedimento, mas o bandeirinha deu sequencia a jogada. O atacante dominou no peito e mandou para o fundo das redes. O time reclamou de impedimento, mas nada foi marcada. Foi o primeiro gol sofrido pelo União em quatro jogos.

A partida ainda teve um lance duvidoso onde o União reclamou de toque de Mão do jogador do Operário, porém a arbitragem mandou seguir o lance e não assinalou um pênalti em favor do time beltronense.

Com o resultado, o Operário é o líder com quatro jogos e quatro vitórias. O União caiu para a quinta posição com 7 pontos. Na próxima rodada, domingo dia 02 de abril, o União recebe o Grêmio Maringá, no Anilado.