A equipe AVP Palmas/Guararapes/Sudati manteve os 100% de aproveitamento com a vitória por 3 sets a 0 (25/12, 25/20 e 25/13)  sobre o São José dos Pinhais/UFPR no último sábado (31), jogando em casa, no ginásio Monsenhor Engelberto. Invicta, a equipe da região Sul do Estado lidera o Campeonato Paranaense Adulto Série A Masculino com 9 pontos.

  • Compartilhe no Facebook

O São José dos Pinhais não conseguiu ultrapassar o bloqueio da equipe palmense (Fotos:Guilherme Zimermann)

Desfalcado, o time do São José dos Pinhais/UFPR passou por algumas adaptações, porém não resistiu ao forte ataque da equipe palmense. “Nós sabíamos que seria um jogo difícil, viemos para cá sem dois titulares, mas conseguimos jogar melhor do que nossa última partida, contra Toledo”, avaliou a técnica da equipe são-joseense, Cibele Carbonar de Melo.

Pontuou ainda que o time deverá intensificar seus treinamentos sobre saques e rodadas de bola. “Melhorando nesses quesitos, nós já conseguimos ser mais agressivos e buscar a pontuação”, destacou.

Sem conhecer a derrota até o momento, a AVP Palmas/Guararapes/Sudati soube explorar as deficiências da equipe adversária. “Sabíamos dos desfalques deles, o que nos ajudou e o jogo também serviu para testar alguns atletas”, comentou o técnico da equipe palmense, Cristiano Baniski, que volta suas atenções para o próximo compromisso, contra o Caramuru de Ponta Grossa, na próxima sexta-feira (06). “Será um jogo totalmente diferente, o Caramuru é uma equipe que nós vamos ter que forçar o saque, porque é um time com o qual nós vamos disputar em pé de igualdade”, considerou o técnico.

O atleta destaque da partida foi o ponteiro da AVP Palmas/Guararapes/Sudati, Walter Bortoleto, que recebeu o troféu “Paulãozinho” das mãos do juiz da Vara do Trabalho de Palmas, José Vinícius Sousa Rocha.

Formato de disputa
As seis equipes estão em grupo único e jogam a fase classificatória em turno e returno. As quatro melhores campanhas avançam para as semifinais e vão se enfrentar em duas partidas. A primeira partida com mando da equipe pior classificada na fase preliminar e a segunda partida com mando da equipe melhor colocada. Passarão para a final as equipes que vencerem dois jogos. Caso haja empate, indiferente do resultado dos sets entre as partidas, a vaga será disputada em um golden set. O mesmo vale para a partida final. Ao final da fase preliminar, a equipe com a pior campanha será rebaixada para a Série B em 2020. Caso a competição não tenha seis equipes inscritas, não haverá decesso.

Classificação
1º AVP-Palmas/Guararapes/Sudati 9 pts
2º Denk Maringá Vôlei 9 pts
3º Foz do Iguaçu 3 pts
4º Toledo/Prati-Donaduzzi 3 pts
5º São José dos Pinhais/UFPR 0 pts
6º Caramuru 0 pts