A rádio Onda Sul FM entrevistou ontem, 07, dois eleitores que denunciaram à Justiça Eleitoral uma possível falha nas urnas eletrônicas, quando tentavam registrar o voto para presidente da república. Um deles disse que digitou o número do candidato e outro puxou automaticamente, sem que ele houvesse digitado. Porém, conseguiu corrigir e digitar novamente. No outro caso, a mulher digitou, puxou o outro número automaticamente, entretanto, nesta situação, ela não conseguiu corrigir, e finalizou votando em um candidato que não era de sua preferência.

A juíza eleitoral, Joseane Catusso disse que os fatos serão apurados. “Os fatos estão sendo levantados e é difícil para falar qualquer coisa preliminarmente, mas isso será   visto ao longo do procedimento”.

De forma geral, a juíza afirmou que o processo eleitoral em Francisco Beltrão foi tranquilo. A avaliação é positiva, visto que não houve tumultos nas seções eleitorais e a transmissão dos resultados durou no máximo 1h10, após o término da votação. Quanto a biometria, Joseane acredita que veio para ficar, para agilizar o processo, e que com tempo, irá tornar o processo melhor.

Acompanhe a matéria sobre a possível falha nas urnas: