O Comitê Gestor Operacional (CGO) e a Secretaria Municipal de Saúde promoveram nesta segunda-feira (28), uma reunião com representantes partidários e candidatos às eleições em Palmas. O objetivo foi repassar orientações de âmbito sanitário para a realização das campanhas eleitorais.

Os órgãos de saúde publicaram um ato normativo, com os regramentos que deverão ser respeitados pelos agentes envolvidos nas campanhas. De acordo com a integrante do CGO, Marília Forest, ao Jornalismo da Rádio Club, as orientações seguem normas já estipuladas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), além de reforçar ações que deverão ser adotadas, principalmente, durante o período de campanha, onde os candidatos deverão buscar maior contato com os eleitores.

Entre as medidas que deverão ser adotadas estão o distanciamento social, a restrição de contato físico entre pessoas, disponibilização de meios para higiene das mãos e uso constante de máscaras. Ao contratarem trabalhadores para atuarem durante a campanha, partidos e candidatos deverão prover os materiais de proteção necessários.

Ponto destacado durante o encontro foi sobre a entrega de materiais gráficos, os populares “santinhos”. A orientação é que eles não sejam entregues diretamente aos eleitores, mas que sejam dispostos em embalagem plástica e higienizada, sendo colocado apenas em caixas de correio.

Eventos comuns em campanhas eleitorais, como comícios, passeatas, carreatas e confraternizações estão proibidos, de acordo com a norma técnica, que deverá ser publicada em diário oficial ainda nesta semana. Ouça a entrevista com a integrante do CGO: