O prazo para os partidos realizarem as convenções que oficializariam os candidatos a prefeito e vereador nas eleições deste ano terminou na última quarta-feira (16), mas a demora das legendas em apresentares os pedidos de registro dos concorrentes está preocupando a Justiça Eleitoral.

O prazo oficial termina no sábado (26), mas o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná alerta para o risco de sobrecarga nos sistemas caso os partidos deixem para última hora. Em Palmas, por exemplo, as convenções partidárias aprovaram nove pré-candidaturas a prefeito, uma já declinada, e mais de 120 pré-candidatos à vereador.

Porém, até as 09h desta quarta-feira (23), consta no sistema de divulgação de candidaturas, apenas um registro de pré-candidato a prefeito, um a vice e 10 nomes de pré-candidatos ao Legislativo.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, desembargador Tito Campos de Paula, pediu que os partidos não deixem o registro para o último dia, a fim de evitar problemas, uma vez que nestas eleições, há um sistema novo em operação, centralizado no Tribunal Superior Eleitoral.