Os acadêmicos do curso de Licenciatura em Informática da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR, câmpus Francisco Beltrão, estão capacitando estudantes das escolas estaduais, através de cursos voltados para a área de informática. Durante o mês de maio os alunos do Colégio Estadual da Cango, do Mário de Andrade e do Tancredo Neves foram beneficiados. O projeto é realizado por bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência, PIBID, da Universidade e deverá atingir inicialmente mais de cem jovens.

Os cursos ofertados possuem entre oito e 30 horas de duração e preparam para Criação de Blogs, Robótica Educativa, Operador de Computadores, Formatação de Textos e pesquisas na Web e  Softwares de Apresentação.

Um dos objetivos do PIBID é promover experiências metodológicas e práticas docentes de caráter inovador, que utilizem recursos de tecnologia da informação e da comunicação, que
possam orientar professores e alunos de escolas públicas para a superação de problemas no
processo de ensino aprendizagem.

De acordo com o chefe do Departamento de Extensão da UTFPR, Paulo Júnior Varela, a atuação dos participantes de iniciação à docência do Curso de Licenciatura em Informática, fortalece  a aplicação e ampliação de experiências metodológicas no ensino de computação no nível fundamental e médio. “A prática ainda auxilia na utilização de recursos de informática no ensino das demais ciências, mediando ações interdisciplinares e multidisciplinares, que envolvam a informática na educação”, afirmou Varela.

Para a acadêmica Emanuelle Marin, que está trabalhando com o Ensino Fundamental do Colégio Estadual da Cango, a experiência tem sido válida. ” Na convivência com os alunos conseguimos avaliar o nível de aprendizado na informática, inclusive utilizando disciplinas que aprendemos na faculdade como a Psicologia da Educação”, finalizou.

Um dos objetivos do PIBID é fomentar experiências metodológicas e práticas docentes de
caráter inovador, que utilizem recursos de tecnologia da informação e da comunicação, que
possam orientar professores e alunos de escolas públicas para a superação de problemas no
processo de ensino aprendizagem