Inicia nesta segunda-feira (16), a TIFPR – Semana Acadêmica do curso de Sistemas de Informação do Instituto Federal do Paraná – Câmpus Palmas, Sul do Estado. O evento acontece até a próxima sexta-feira (20) e contará com palestras, oficinas, workshop e maratona de programação.

A abertura está marcada para as 19h30, com a palestra Atitudes Empreendedoras do Vale do Silício, com Bernardo Campos Brandão, apresentará atitudes necessárias para novos empreeendedores e também relatar as percepções que obteve durante missão empresarial realizada ao Vale do Silício em Outubro do ano passado. Formado em Ciência da Computação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) em 2001, Brandão Possui especialização em Gestão Estratégica Empresarial pela FAE Bussiness School. Atuou como gerente de projetos no Centro Internacional de Tecnologia de Software – CITS em Curitiba, gerente geral da fábrica de software da Itaipu Binacional e gerenciamento de projetos na empresa Brasil Rodo Aéreo – BRA em São Paulo. Em 2007 fundou a Cisterlabs Fábrica de Software, empresa atuante no desenvolvimento de projetos sob demanda para clientes de base tecnológica. Atualmente reside em Francisco Beltrão e atua como CEO da Adhoc Games a desenvolvedora do jogo ZombieZoid – Zenith.

Ainda na segunda-feira, o professor Bruno Guaringue Trindade, falará sobre Indexação e Consulta de Arquivos Utilizando Apache Solr. A palestra abordará como podemos utilizar ferramentas de código aberto para auxiliar a criação de portais de busca, com ênfase em buscas de artigos e documentos acadêmicos em sites de instituições de ensino e congressos. Trindade possui graduação em Sistemas de Informação pelas Faculdades Integradas de Ourinhos (2012). Cursando especialização em Desenvolvimento e Gestão de Projetos em Fábrica de Software na Faculdade de Tecnologia de Ourinhos (FATEC), tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Sistemas de Informação e Engenharia de Software. Desde outubro do ano passado, atua como docente no IFPR Palmas. As palestras acontecerão no auditório da Biblioteca do Câmpus.

Na terça-feira (17), serão ofertadas oficinas de CSS (Cascading Style Sheets), Comandos Linux, Robótica, Programação Android, Ruby e WordPress. São 25 vagas para cada uma das oficinas, que acontecem nos laboratórios do bloco D. As inscrições são realizadas na hora, por ordem de chegada.

Na quarta-feira (18), o Dr. Giovani de Paula, palestrará sobre o Emprego das Tecnologias da Informação e Comunicação na Segurança Pública: desafios para a promoção da paz social. Coronel da Reserva Remunerada da Polícia Militar de Santa Catarina, é Graduado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996), Doutor em Engenharia e Gestão do Conhecimento (2013) e Mestre em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007). Especialista em Segurança Pública pela UNISUL, possui graduação em Formação de Oficiais da Polícia Militar pela Academia de Polícia Militar (1986). Atualmente é professor da UnisulVirtual e pesquisador da Universidade Federal de Santa Catarina. Professor do Centro de Ensino da Polícia Militar nos Cursos de Graduação e Pós Graduação em Segurança Pública. Atuou no setor público na área de Inteligência e Informação. Possui licença de Piloto de Avião e planador e de Piloto Comercial de Helicóptero. É Oficial de Segurança de Voo (OSV) credenciado pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos CENIPA. Coordena o Programa de Pós Graduação em Segurança da UNISULVIRTUAL, que compreende os cursos de Especialização em Gestão Integrada da Segurança, Defesa Civil, Inteligência de Segurança e Polícia Comunitária. Tem também experiência na área de Direito, com ênfase em Direitos Humanos e Direito Penal, atuando principalmente nos temas de criminologia, segurança pública, cidadania e gestão do conhecimento e inteligência de segurança.

Na sequência, o professor Claudio Kleina abordará temáticas sobre Acessibilidade da Web. A apresentação apresentará recursos e funcionalidades que os sistemas baseados na Internet precisam ter para que cumpram as normas de acessibilidade e permitam que pessoas com limitações consigam usá-los de forma eficaz. Estima-se que no Brasil mais de 14 por cento da população tenha algum tipo de deficiência. É um número expressivo de potenciais usuários de sistemas na WEB que os desenvolvedores de software precisam considerar no processo de validação da usabilidade dos sites. Bacharel em Sistemas de Informação, Kleina é Mestre em Educação, especialista em desenvolvimento em ambiente WEB, especialista em Educação Especial e especialista em Educação a Distância.

Na quinta-feira (19), acontecem oficinas de Introdução ao Arduino, Programação Python, PDI (Pentaho Data Integration), Programação com Scratch, Inkscape e Assembly. Para encerramento do evento, na sexta-feira (20), acontece a Maratona de Programação, com os acadêmicos do três períodos do curso em disputa nas linguagens C, Java e Portugol.