A Formatura do Proerd – Programa Educacional de Resistência às Drogas em Marmeleiro, da Polícia Militar em parceria com a Administração Municipal e o Departamento Municipal de Educação e Cultura, é sempre uma grande festa. Uma comemoração  de sucesso que reuniu pais, padrinhos, familiares, amigos e 210 formandos que lotaram a sede da  AFM-Associação dos Funcionários de Municipais, na noite da última quarta-feira, 04 de dezembro.

Para o prefeito de Marmeleiro, Jaimir Gomes, que foi instrutor do Proerd por mais de 10 anos, “a cada formatura é um momento único porque temos a oportunidade de ver mais crianças se formando e recebendo as orientações para ficarem longe desse mal tão grande, que é as drogas. E lembro-me quando comecei com o Proerd em Marmeleiro,  como instrutor em 2005, e de lá para cá  são 15 anos de Proerd no município, então  é  uma emoção  muito grande inclusive quando encontro ex-alunos meus e que nesta formatura estavam como padrinhos porque  o Proerd tem muito valor e ajuda a manter  as crianças, longe das drogas e da violência”.

Participaram da mesa de honra: o prefeito de Marmeleiro, Jaimir Gomes da Rosa, e a primeira-dama, Elizangela Gomes da Rosa; o vice-prefeito, Altair Gabriel, e  a esposa Jane Junkes; a Diretora Municipal de Educação e Cultura, Marilce Bednarski, o Major Marcos Menin e a Sargento, Joice Levandoski

Com o slogan: ‘Luz Câmera Ação, Drogas Não’, os alunos dos 5º anos das escolas de Marmeleiro, (6 municipais e uma particular) vibravam e participavam de todas as etapas da formatura: juramento dos formandos, dos padrinhos, a premiação das redações, a entrega do leãozinho-mascote de pelúcia, o sorteio de uma bicicleta. Tudo era motivo de comemoração!

Durante 3 meses,   os alunos  receberam os instrutores do Proerd, o soldado Edson Pavan e a soldado Luciana Savitski. E nesse período, com uma aula por semana, as 12 turmas acompanharam a programação. “Nas aulas a gente prepara as crianças para  que elas saibam o que fazer quando estiverem no meio das drogas, porque  elas chegam para as crianças não por um estranho ou um monstro e sim, por um conhecido, parente que elas  admiram e que vão oferecer drogas; por isso, a gente tenta ensinar um modelo de decisão assertiva pra elas, em que vão saber dizer não  de todos os  jeitos de chantagens que as drogas se apresentarem diante delas; e é fundamental nessa transição de crianças para adolescência  conhecerem  o mal que as drogas causam para a vida, para a saúde e também na sociedade”, lembrou a instrutora Savitski.

No concurso da redação o lema do proerd que é “Não há perdedores, todos são vencedores”, cada turma tem uma redação escolhida e o aluno representa a todos. Mais um momento de emoções compartilhadas. Foi o caso do Vítor Ariel Canzi, do 5º A, da Escola Municipal Dom Pedro I, que fez a leitura do texto da redação escolhida.

Em outro momento a alegria compartilhada tomou forma de bicicleta para o João Emanuel Pereira, do 5º A, da  Escola Padre Afonso, depois que ele foi o sorteado  contou como se sentiu: “eu nunca tinha ganhado nenhum sorteio e fiquei muito feliz  com a bicicleta e para mim o Proerd foi muito importante porque aprendi a dizer não as drogas, á violência e ao bulling ”.

Para o pai do João, o Plínio Marcos Pereira, “o  Proerd é muito importante porque além daquilo que a gente  fala em casa, orienta os filhos sobre drogas, violência, os  policiais que possuem o conhecimento técnico e o dia a dia, eles conseguem mostrar isso para a criança, muito melhor que nós , mostrar uma realidade disso e nos ajuda na formação da cabecinha deles do que é reto, do que é certo  pra vida”.

A Diretora Municipal de Educação, Marilce Bednarski, destacou que “sempre tenho dito que os projetos que são bons e vem a somar,  nós temos apoiado cada vez mais, então,  a cada ano nessas formaturas ficamos satisfeitos e muito felizes por ter mais um grupo de alunos  recebendo aquela orientação que vai ser muito importante para a vida deles”.

Experiências que se multiplicam e transformam gerações. É o caso da Adriele Vanessa de Oliveira, ex-aluna do Proerd, e  também madrinha da aluna Ana Paula Balbinote, da Escola Dom Pedro I. “É uma alegria enorme, porque recebi o conhecimento e agora tenho a oportunidade de repassar para minha afilhada, e poder acompanhar ela para o resto da vida  nas  decisões que  vai tomar então é realmente muito significativo para mim, inclusive por encontrar nesta formatura o prefeito Jaimir, que  foi meu instrutor no Proerd, isso é muito gratificante”.

Acompanhe agora os alunos  que tiveram a redação escolhida:

Escola Municipal Dom Pedro I : Vítor Ariel Canzi- 5º A  e Ariel Gonçalves Pacheco- 5º B

Escola Municipal Souza Naves: Letícia de Oliveira dos Santos

Escola Municipal Novo Progresso: Luna Pereira Maral

Escola Municipal São Judas Tadeu: Davi  Fernando Pilati Maciel-5º A e  Pedro Henrique Pelegrini Acco – 5º B

Escola Municipal Pe. Afonso: João Vitor dos Santos- 5º A e Tere Maria de Oliveira Gonçalvez-5º B

Escola Municipal Perseverança: Ana Laura Ribeiro- 5º A, e Felipe Afonso Araut-5º B

Escola Tio Patinhas (particular): Fábio Lourenço Rossi- 5º

 

Fonte: Assessoria Prefeitura de Marmeleiro.