O município de Palmas, sul do Paraná, está reestruturando os programas educacionais para jovens e adultos e de combate ao analfabetismo. As inscrições estão abertas na Secretaria de Educação. De acordo com o IPARDES/IBGE, no município a taxa de analfabetismo atinge 9,31% da população com mais de 15 anos de idade, com maiores percentuais nas faixas entre 40 a 49(10,47%) e acima dos 50 anos (21,77%).

Conforme a Chefe da Divisão de Educação, professora Dirce Bedin, pelo elevado índice de analfabetismo, o município foi inserido na reestruturação do Programa Paraná Alfabetizado. Foram disponibilizadas 83 vagas, sendo 30 para as escolas do campo e outras 50 para os estabelecimentos no perímetro urbano. “Os interessados já podem realizar suas matrículas na Secretaria da Educação”, recomendou.

O objetivo do Programa, que envolve a Secretaria de Estado da Educação, Governo Federal e a Prefeitura, é universalizar a alfabetização aos jovens, adultos e idosos com 15 anos ou mais garantindo o acesso à leitura e à escrita como direito à educação básica e como instrumentos de cidadania.

A coordenadora da Educação de Jovens e Adultos, Nelsi Eliza Pôgere, por sua vez, orientou às pessoas que já participaram do PR Alfabetizado em períodos anteriores e que possuem o certificado, que compareçam à Secretaria de Educação para alterar suas documentações e, com isso, deixar de constar como analfabetas. Explica que, além de melhorar as estatísticas, a mudança permite oportunidades de trabalho e sequência dos estudos, dentre outros benefícios.

EJA SÉRIES INICIAIS

Conforme professora Dirce, o EJA (Educação de Jovens e Adultos), correspondente às séries iniciais do Ensino Fundamental também está sendo reestruturado em parceria com o SESI(Serviço Social da Indústria) local. Explicou Dirce Bedin que novas turmas estão sendo implantadas, inclusive nas escolas do campo. Atualmente estão inscritos 128 alunos que participam das atividades nas escolas do CAIC, Senhorinha Miranda Mendes, Nossa Senhora de Fátima e Nerazi Menin Calza. “Podemos abrir novas turmas em todas as escolas do município”, confirmou. Para se inscrever é necessário ter idade mínima de 15 anos.

No município, a EJA do 6º ao 9º anos é ofertada através do Colégio Sebastião Paraná e APEDs(Ações Pedagógicas Descentralizadas da Educação de Jovens e Adultos da Rede Pública Estadual).