Apesar de registrar evolução, alcançando a meta projetada para 2017, o município de Palmas tem o pior Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) da rede municipal de ensino da região administrativa do Sudoeste do Paraná e um dos piores indicadores do Estado, conforme os dados divulgados pelo Ministério da Educação nesta segunda-feira (03). Entre os 399 municípios paranaenses, Palmas está na posição 384.

Em comparação à última divulgação do Ideb, em 2015, o município caiu mais cinco posições no ranking estadual – de 379 para 384. Ou seja, municípios que até então estavam atrás conseguiram evoluir mais que Palmas, enquanto outros também perderam posições.

O município de Bom Sucesso do Sul manteve a primeira colocação, com o melhor do Sudoeste, 7.7. Pato Branco, Realeza e Vitorino alcançam um Ideb de 7.5, enquanto Santa Izabel do Oeste fecha o ranking dos cinco melhores indicadores da região, com 7.4.

  • Compartilhe no Facebook

O Ideb foi criado em 2007 e reúne, em um só indicador, os resultados do fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações. Ele é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e das médias de desempenho nas avaliações do Inep, o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) – para as redes estaduais e federais de educação, e a Prova Brasil – para os municípios.