A Secretaria Municipal de Educação de Mangueirinha adotará atividades remotas para o andamento do ano letivo 2020, que teve as aulas presenciais suspensas por conta da pandemia do novo coronavírus. A medida foi determinada através de decreto, publicado nesta sexta-feira (15), em Diário Oficial.

Para cumprir o calendário letivo com as 800 horas regulamentares, o município adotará o Regime Especial de Aprendizagem, por meio do qual serão ofertadas atividades escolares na forma de videoaulas e atividades remotas não presenciais. Elas serão elaboradas e gravadas com material próprio da rede municipal e pelos professores pertencentes ao quadro do magistério.

Os profissionais que exercem atividades no âmbito do Departamento de Educação e Cultura, estão convocados para retomar os trabalhos, “a fim de garantir o estabelecimento e sucesso e a qualidade do Regime Especial de Aprendizagens não presenciais”. Todos os servidores ficam obrigados ao uso de máscara no local de trabalho, mantendo distanciamento e higienização de acordo com as instruções sanitárias.

A oferta das atividades remotas perdurará enquanto durar a interrupção das atividades escolares presenciais no Estado. Por determinação do Executivo, o recesso escolar relativo do mês de julho foi antecipado e considerado concedido no mês de abril.

O decreto prevê que no retorno das aulas presenciais, todos os alunos serão submetidos a avaliação para verificar o desenvolvimento em relação aos objetivos de aprendizagens e habilidades.