Aproximadamente cem profissionais que atuam como técnicos administrativos e docentes no Campus Palmas do IFPR realizaram,  na última semana, a discussão do Projeto Político Pedagógico  da Instituição. O trabalho foi iniciado no ano passado com a formalização do documento. 

Conforme a pedagoga, Márcia Adriana Silva, isso significou um avanço na efetivação das propostas e metas. Na avaliação do também pedagogo, Celso Augusto da Silva, a participação dos profissionais no debate foi satisfatória, na medida em que todos compreenderam e assumiram a proposta que visa fortalecer o sentimento de pertencimento e construção da identidade do IFPR como um todo.

O diretor Geral do Campus, prof. Luciano Martignoni, destacou que durante a formação pedagógica foi possível perceber uma empolgação, com os profissionais abraçando a missão do Instituto para contribuir com o desenvolvimento social de Palmas e região.

Destacou ainda que nesta terça-feira (08) serão encerradas as atividades acadêmicas do ano letivo 2015 que foram prorrogadas em função da greve dos servidores e professores no ano passado. Posteriormente haverá um intervalo para que sejam realizados os exames das disciplinas em curso, as rematrículas para então no próximo dia 21 serem iniciadas as atividades do calendário acadêmico 2016. “Vamos iniciar numa condições melhor, com mais professores e com algumas mudanças e a tendências é que as condições didático-pedagógicas andem dentro de uma normalidade”, avaliou Martignoni.