A Fadep (Faculdade de Pato Branco) divulgou na manhã desta sexta-feira (15), os nomes dos 50 aprovados no vestibular para o curso de Medicina. O período de matrículas já está aberto, seguindo até a terça-feira (19) para os classificados em primeira chamada. Confira a lista de aprovados clicando aqui

Caso não sejam preenchidas todas as vagas, a segunda chamada será divulgada no dia 20, com as matrículas seguindo até o dia 22. As aulas iniciam na segunda-feira (25).

No ato da matrícula, os aprovados devem apresentar CPF (cópia); Carteira de identidade (cópia autenticada); Certidão de nascimento ou casamento (cópia autenticada); Comprovante de endereço (cópia); Título de Eleitor (cópia); Comprovante de escolaridade do Ensino Médio – via original do Histórico Escolar e uma cópia autenticada; e Comprovante de quitação das obrigações militares, em se tratando de candidato do sexo masculino (cópia).

A autorização do curso de Medicina de Pato Branco foi assinada no dia 01º de agosto, em solenidade que contou com a presença dos ministros da Saúde, Ricardo Barros, da Casa Civil, Eliseu Padilha, da Educação, Mendonça Filho, do governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, e do presidente da República, Michel Temer.

No dia 02, foi anunciada a data do 1º vestibular, realizado em 03 de setembro. Foram cerca de 1,5 mil candidatos inscritos no processo de seleção às 50 vagas ofertadas.

Seguindo as diretrizes curriculares de medicina homologadas em 2014, o curso funcionará tendo como norte, entre outros aspectos, a inserção do aluno nas redes de serviços de saúde, consideradas como espaço de aprendizagem, ao longo de toda a graduação.

Nesse sentido, os estudantes deverão prezar pela adoção de diferentes cenários de ensino-aprendizagem, organização da prática, trabalho em equipe multiprofissional e vinculação, por meio da integração ensino-serviço. Deverá ser priorizada, ainda, a formação médico-acadêmica alinhada às necessidades sociais da saúde, com ênfase no SUS. Para isso, os acadêmicos contarão com a estrutura de hospitais da região, como de Coronel Vivida, Chopinzinho, Palmas e São Lourenço do Oeste, que firmaram convênios com a faculdade.