Mais de 4 mil e 500 estudantes estarão iniciando as aulas nas seis escolas da rede estadual no próximo dia 15 em Palmas, sul do Paraná, conforme calendário da Secretaria Estadual de Educação. Conforme apurou o RBJ junto as secretarias das escolas o número de matrículas, entretanto, é bem maior pela oferta aos alunos de programas educacionais extras.

No Colégio Estadual Quilombola Maria Joana Ferreira são 214 matriculados para cursar do 6º ao terceiro ano do ensino médio. O total de matrículas para todas as atividades educacionais no local chegam as 302.

O Colégio Dom Carlos, no centro da cidade, abrigará uma comunidade estudantil de 969 alunos, distribuídos pelos três turnos. No ensino fundamental(6º ao 9º anos), há 433 matrículas e 307 para o médio. Na Formação de Docentes(Magistério), há 151 inscritos e outros 88 nos cursos técnicos, pós médio.

No centenário Colégio Sebastião Paraná, são 1057 alunos para o ensino fundamental, médio, sala de recursos, treinamento esportivo, língua espanhola. O número de estudantes é ainda maior, uma vez que a unidade oferta ainda a Educação de Jovens e Adultos(EJA) através de programa de disciplina, variando seus participantes.

O Colégio Alto da Glória(CEAG) são 482 matriculados para as diversas séries do ensino fundamental e 173 para o ensino médio, que ainda dispõe de vagas para o período noturno. Na somatória de matrículas para outras atividades ofertadas pela unidade, são 832 para este ano letivo.

Para o Colégio Padre Ponciano estão matriculados para iniciar as atividades na próxima semana, 1030 alunos. Para o Colégio Monsenhor Eduardo estão inscritos 670 estudantes.

O número de estudantes que frequentarão as escolas estaduais no município se aproximará dos cinco mil. No levantamento realizado pelo RBJ não contabiliza, por impossibilidade de contato com as unidades, as matrículas para os Colégios Paulo Freire no Assentamento Paraíso do Sul e Colégio Indígena Segso Tanh Sã, na terra Kaingang.