A Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Francisco Beltrão, reiterou a qualidade da educação prestada em seus cursos através da avaliação do Ministério da Educação (MEC). A graduação de Engenharia Química recebeu o conceito 5, nota máxima atribuída a um curso de Graduação. O conceito “Curso de Excelência” foi recebido com grande alegria pelos servidores e alunos da Instituição. O resultado foi divulgado na terça-feira (19).

De acordo com o diretor-geral do Câmpus em exercício, Marcelo Bortoli, “esta nota representa a qualidade do Câmpus Francisco Beltrão, em tempos de recursos escassos às Universidades Públicas, receber conceito máximo do MEC num curso de graduação nos deixa extremamente gratos aos discentes e docentes do curso, técnicos administrativos e terceirizados que juntos fazem da UTFPR – Francisco Beltrão um lugar de excelência”, ressaltou.

O coordenador do curso, André Zuber, afirma que “a nota 05 coloca o curso de Engenharia Química em um patamar exemplar. Esta nota vem da dedicação da Instituição em ofertar um curso de referência para o Estado do Paraná. Atualmente, o curso de Engenharia Química tem aproximadamente 300 estudantes e um corpo docente composto por mais de 80% de doutores”.

Para gerar a nota final, os avaliadores designados pelo MEC levaram em consideração três dimensões: Organização didático-pedagógica, corpo docente e infraestrutura. Na organização didático-pedagógica os avaliadores ressaltaram a grade atual do curso, a qual apresenta tendências de globalização, equiparando a cursos da Europa e Estados Unidos. Na dimensão corpo docente, os avaliadores elogiaram aspectos como inovação, produção científica e perspectivas futuras dos jovens docentes, além da experiência internacional que estes trazem de sua formação. Já no quesito infraestrutura, o Câmpus conta com o maior bloco do sistema UTFPR, contendo salas de aula, setor administrativo, salas individuais de professores, espaço para reuniões e pós graduação, além de laboratórios específicos para Engenharia Química com laboratórios de: controle de processos, polímeros, engenharia bioquímica, operações unitárias, físico-química, bioprocesso e química geral, diferencial este que contribui para a excelência do curso.

“O curso recebe estudantes de todas as regiões do Brasil, o que reforça nosso comprometimento com a Educação Pública e de qualidade deste país e este conceito máximo do MEC nos dá mais vontade de trabalhar para formar Engenheiros de qualidade”, destaca Zuber.

 

O egresso

O egresso do Curso de Engenharia Química da UTFPR, Câmpus Francisco Beltrão (UTFPR-FB), possui sólida formação técnico-científica complementada por uma formação humanística-profissional. Como resultado, é capaz de atuar nas áreas de pesquisa e desenvolvimento, consultoria, projeto, operação e fiscalização, elaborando e/ou utilizando metodologias e ferramentas computacionais avançadas para gerenciamento e otimização do negócio da indústria de processos químicos em amplo senso. Também consequência de uma formação alinhada a tendências da Engenharia Química moderna. Contempla, ainda, capacitação profissional para atuação interdisciplinar nas áreas de biotecnologia, materiais compósitos, proteção ao meio ambiente e à vida humana.