??????????
  • Compartilhe no Facebook

Foto: Francione Pruch – Arquivo

A luta pela educação no Paraná continua. Foi o que definiu na noite deste sábado (21) em Curitiba, o Comando de Greve e a diretoria estadual da APP Sindicato em mais de 10 horas de reunião. Os educadores rejeitaram as propostas do governo e a greve continua por tempo indeterminado.

+ Governo do Estado e APP-Sindicato reúnem-se para negociações

A reunião contou com mais de 250 dirigentes de todo estado, além de deputados e lideranças estaduais. Em seu site a APP publicou, “a força da categoria já apresenta conquistas: o recuo do governo ao retirar os projetos de lei que retiravam direitos dos(as) servidores(as) e a reabertura da negociação com o sindicato, são exemplos disso. Porém é necessário avançar mais. Vários pontos da pauta da greve ainda estão pendentes. Por isso, a greve continua”.

O objetivo da categoria é reforçar a paralisação na última semana de fevereiro, com mobilizações regionais e uma grande manifestação na quarta-feira (25) em frente o Palácio Iguaçu.

Para a professora e representante da APP Sindicato em Chopinzinho, Ivone Ferreira, “os avanços das negociações estão praticamente zerados. Na reunião de quinta-feira tivemos algumas propostas apresentadas, mas na verdade não podemos dizer que houve um avanço concreto nesse sentido porque não temos nenhum documento assinado desses compromissos assumidos pelo governo com a APP Sindicato”.

 

Cronograma de reuniões para a semana:

23 de fevereiro – Segunda-feira

Manhã – Reunião dos Conselhos Regionais ampliados para organização da continuidade da greve e caravanas para Curitiba.

14h – Acompanhamento da sessão da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep)

Final da tarde – Panfletagem em terminais e praças.

24 de fevereiro – Terça-feira

Manhã – Reunião com diretores e diretoras das escolas – em todos os núcleos sindicais e na sede estadual da APP-Sindicato.

9h – Reunião da coordenação do Fórum das Entidades Sindicais (FES).

Realização de blitz nas cidades para pintura de vidros de carro “#eutonaluta”

25 de fevereiro – Quarta-feira

Grande ato em defesa da Escola Pública – Curitiba