O processo de consulta para a escolha de diretores das escolas municipais de Palmas, realizado no último sábado (07), foi marcado pela baixa participação da comunidade. Conforme resultado preliminar divulgado pela Secretaria de Educação, das seis instituições onde ocorreu o processo, apenas duas atingiram o índice de participação para a eleição. Nas demais, não houve o quórum mínimo de 35% dos votantes para validar o processo.

Na Escola Municipal Pequena Águia, foi eleita a professora Juliana Soares Sampaio da Silva. Na Escola Tia Dalva, a professora Ritânia Martini Weiss foi eleita para a direção.

Nas Escolas Nerasi Menin Calza, Nossa Senhora de Fátima, Senhorinha Miranda Mendes e Terezinha Marins Pettres, o índice de votantes ficou abaixo dos 35%. Dessa forma, as direções escolares serão nomeadas diretamente pela Secretaria Municipal de Educação, assim como as escolas São Sebastião, José Luiz Andraschko e Oscar Rocker, onde não houve processo de consulta.