O aumento dos impostos que está causando sufoco aos paranaenses, representou um alívio às prefeituras neste início de ano. Os bons saldos no caixa das prefeituras estão sendo proporcionadas por medidas do governo do estado autorizando aumentos nas alíquotas de ICMS e antecipação do calendário do pagamento do IPVA.

Em Palmas, sul do Estado, por exemplo, a arrecadação que foi de R$ 1,7 milhões no ano passado acumulou R$ 5 milhões de reais no primeiro bimestre deste ano. Uma das principais fontes de transferência pela Fazenda Estadual, o ICMS, gerou um acréscimo de quase um milhão de reais neste ano, quando o município arrecadou mais de R$ 2,9 milhões, contra R$ 2 milhões no ano passado.

Com o início do pagamento do IPVA em janeiro a arrecadação saltou de R$ 91 mil para R$ .6 milhões no primeiro bimestre do corrente ano. Durante todo o ano passado os repasses obrigatórios pelo governo do estado totalizaram R$ 15.857.859,00. Do total R$ 14 milhões foram gerados pelo ICMS e R$ 3,9 milhões pelo IPVA.