A região Sudoeste do Paraná fechou o mês de julho com saldo negativo de 22 empregos. Ou seja, foram registradas mais demissões do que contratações no mês, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia. Porém, no acumulado dos sete primeiros meses de 2019, o resultado é positivo.

Em julho, o melhor desempenho na geração de empregos foi o de Dois Vizinhos, com 112 novas vagas preenchidas. Em seguida ficou Pato Branco, com 77 postos de trabalho. Na outra ponta, Palmas amargou o pior saldo da região, com -188 empregos.

Dos 42 municípios sudoestinos, 22 ficaram com saldos positivos, com mais contratações do que desligamentos.

  • Compartilhe no Facebook

Na soma dos sete primeiros meses do ano, o Sudoeste contabiliza a geração de 3.577 novos empregos. Nesse período, foram registradas 37.821 contratações e 34.244 demissões.

Pato Branco lidera o ranking com saldo de quase 2 mil empregos. Em seguida está Francisco Beltrão, com 520 vagas. No acumulado de janeiro a julho, Palmas também fica no 42º lugar da região.

  • Compartilhe no Facebook