Durante a Assembleia Geral, o Woccu (Conselho Mundial de Cooperativas de Crédito) concedeu três diferentes destaques globais, considerando seus mais de 70 países membros. E o Sicredi foi premiado por ter registrado o maior incremento no percentual de ativos. O encontro integrou a programação da Conferência Mundial das Cooperativas de Crédito, realizada de 14 a 17 de julho, em Ottawa, no Canadá.

O Sicredi encerrou 2012 com R$ 31,3 bilhões de ativos totais, o que representa um crescimento de 20% sobre 2011. Em maio de 2013, o total de ativos registrado foi de R$ 36,3 bilhões, 16% de crescimento. A distinção foi entregue ao presidente da SicrediPar, da Central Sicredi PR/SP e diretor do Woccu, Manfred Alfonso Dasenbrock. “Tive a honra de receber o prêmio em nome de todos os associados, dirigentes e colaboradores do Sicredi. Esta avaliação mostra que estamos no caminho certo para a construção de um cooperativismo de crédito mais forte no Brasil”, comemora Dasenbrock. Na ocasião, também estavam presentes Orlando Borges Müller, vice-presidente da SicrediPar e presidente da Central Sicredi Sul, e Pedro Caldas, presidente da Cooperativa Sicredi Planalto Central GO.

Na premiação, o presidente do Woccu, Manuel Rabines, e o presidente-executivo, Brian Branch, declararam que o modelo sistêmico que o Sicredi desenvolveu, aliado ao profissionalismo implantado nas cooperativas integrantes deste Sistema, é a razão do destaque concedido. Branch também ressaltou a importância do planejamento estratégico do Sicredi e a participação na conferência, com uma delegação organizada e integrada por dirigentes, jovens, mulheres, executivos e colaboradores.

As outras duas distinções foram entregues para as cooperativas dos Estados Unidos, através da organização nacional CUNA (Credit Union National Association), pelo maior crescimento nominal de associados, e para a confederação do Quênia, África, que registrou o maior incremento percentual de associados.