Os repasses constitucionais do Governo do Estado para o município de Palmas, Sul do Paraná, aumentaram em quase 24% neste ano, no período de janeiro a novembro. Até esta quinta-feira (30), os cofres municipais receberam R$ 20,6 milhões oriundos do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor), Royalties do Petróleo e Fundo de Exportação. No ano passado, esse montante totalizou R$ 16,6 milhões.

O repasse bruto foi de R$ 20 milhões. Porém, com a dedução de 20% destinados ao Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização aos Profissionais da Educação), o repasse líquido para a prefeitura municipal fechou em R$ 16 milhões – aumento de 30% comparado a 2016.

O segundo maior repasse foi o do IPVA, que corresponde a 50% de todo o valor pago pelos proprietários de veículos registrados no município. Por meio desse imposto, foram R$ 4,38 milhões, 5% mais que o ano passado.

Pelo Fundo de Exportação foram repassados R$ 233,6 mil e pelos Royalties do Petróleo, que é compensação financeira pela produção de petróleo no país, R$ 3,1 mil.