A microrregião de Palmas recebeu R$ 63,1 milhões através de repasses do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores), Fundo de Exportação e Royalties do Petróleo em 2016. O montante é 10% maior que o repassado pelo Governo do Paraná em 2015.

O município de Mangueirinha, por ter instalada em seu território a Usina Hidrelétrica Governador Ney Braga (Salto Segredo), recebe parte do ICMS pela geração de energia, totalizando R$ 23,5 milhões entre todos os repasses em 2016, cerca de 5,25% a mais que em 2015.

Coronel Domingos Soares apresentou aumento de  6,31%, chegando a R$ 5,7 milhões. Honório Serpa contabilizou R$ 5,2 milhões no último ano e Palmas cresceu em 13,19%, passando de R$ 15,8 milhões para R$ 17,9 milhões.

O maior crescimento percentual foi de Clevelândia, quase 20% entre 2015 e 2016, fechando o último ano com R$ 10,6 milhões através dos repasses constitucionais do Governo Estadual.