O governo federal apresentou no mês de junho, o Plano Safra 2019/2020, que disponibilizará ao setor agrícola cerca de R$ 225,59 bilhões. Desse total, R$ 222,74 bilhões são para crédito rural, sendo R$ 169,33 bilhões para custeio, comercialização e industrialização. Outros R$ 53,41 bilhões para investimento.

Em 2018, foram liberados R$ 71,79 milhões para agricultores e pecuaristas do município de Palmas, Sul do Paraná, através da assinatura de 310 contratos de financiamentos. Considerando a média de variação dos últimos 10 anos, devem ser liberados mais de R$ 77 milhões para o município nesta safra.

No último ano, para a agricultura foram financiados R$ 60,8 milhões. A maior fatia – 86,57% ou R$ 52,66 milhões – foi destinada ao custeio. Outros R$ 6,48 milhões foram disponibilizados para investimentos nas atividades agrícolas, enquanto que para a comercialização da safra foram liberados cerca de R$ 1,69 milhão.

  • Compartilhe no Facebook

Os financiamentos para a pecuária palmense totalizaram R$ 10,95 milhões em 2018, com R$ 4,25 milhões para o custeio da atividade e mais R$ 6,70 milhões para investimentos.

Em comparação à 2017, o número de contratos assinados sofreu redução de quase 17%, o que representou também uma queda de 3% nos valores financiados.

No período entre 2009 e 2018, o ano de 2015 foi o que apresentou o maior montante em empréstimos ao setor agropecuário de Palmas, totalizando R$ 80,2 milhões.

  • Compartilhe no Facebook