A balança comercial de Palmas, Sul do Paraná, atingiu US$ 155,4 milhões em exportações no período de janeiro a novembro deste ano, de acordo com o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. O montante já é maior que o contabilizado nos 12 meses de 2016.

Nas exportações, a madeira compensada representa 78% de todo o valor movimentado, com US$ 121,2 milhões – cerca de 17% mais que o ano passado.

Na indústria farmacêutica o crescimento foi de 9,48%, totalizando US$ 21,5 milhões com a exportação da Heparina e Sulfato de Condroitina, que têm como matéria prima a mucosa intestinal de suínos e cartilagens de bovinos.

Já a indústria de proteína animal aumentou em mais de 20% sua movimentação financeira através da exportação de carne suína, o que representa em torno de US$ 10,5 milhões.

Miudezas de animais, componentes metalmecânicos e implementos industriais também estão na pauta de exportações do município, que atualmente possui a 12ª maior balança comercial do Estado.