A exportação de carnes e componentes para a indústria farmacêutica, produzidos em Palmas, sul do Paraná, apresentaram crescimento superior a 30% no primeiro quadrimestre deste ano. A exportação de madeiras totalizou 34 milhões de dólares. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior.

Em comparação com o primeiro quadrimestre do ano passado, as vendas de madeiras apresentaram queda de 24.44%. Já a comercialização de carnes, heparina e condroitina tiveram aumento de 31,43 e 37,58%, respectivamente.

O total de vendas de compensados foi de 34,9 milhões de dólares; carnes, 2.7 milhões; e componentes para indústria farmacêutica, 2,7 milhões de dólares.  Os principais destinos da produção palmense foram Estados Unidos, Reino Unido, Espanha, Bélgica, Holanda, Alemanha e Austrália.