A diferença salarial entre homens e mulheres cresceu entre 2015 e 2016 na microrregião de Palmas, Sul do Paraná, de acordo com informações levantadas pelo Setor de Estatísticas do Departamento de Jornalismo da Rádio Club/RBJ junto ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). No último ano, os trabalhadores do sexo masculino ganharam, em média, 25,49% mais que as mulheres. Em 2015, esse percentual era de 24,55%.

A média salarial na microrregião é de R$ 1.864,49. Considerando somente o salário dos homens, a média é de R$ 2.041,16. Em 2015, esse valor era de R$ 1.872,99 – aumento de 8,98%. Já o salário médio das mulheres é calculado em R$ 1.626,57. No anterior, era R$ 1.503,81 – aumento de 8,16%.

Ao todo, são 18.078 trabalhadores com carteira assinada na microrregião – 10.663 homens e 7.415 mulheres.

O município com a maior diferença salarial entre eles e elas é Mangueirinha, onde, em média, os homens ganham 38,65% mais (veja no mapa abaixo). Honório Serpa, com a maior média salarial da microrregião, é o segundo mais desigual, com salário 36,95% maior para os empregados do sexo masculino. Em Coronel Domingos Soares está a menor diferença percentual. Lá, os homens ganham, em média, 9,92% mais que as trabalhadoras.

A diferença salarial da região é maior que o registrado em nível de estado e país. No Paraná, os homens estão ganhando 18,44% mais, em média. No Brasil, esse percentual é de 18,48%.

No mapa abaixo, você encontra as informações referentes às médias salariais da microrregião de Palmas. Basta clicar sobre o marcador para obter os dados referentes ao município desejado.