Em tempos de economia, a prefeitura do município de Francisco Beltrão, está gastando mensalmente R$ 86 mil com alugueis de imóveis para manter entidades ligadas a administração pública. A informação consta no levantamento realizado pelo Vereador Silmar Gallina (PSDB). Ao todo são 22 estruturas locadas.

Vereador Silmar Gallina / Foto: Arquivo pessoal
  • Compartilhe no Facebook

Vereador Silmar Gallina / Foto: Arquivo pessoal

“Como uma das funções principais do legislador é fiscalizar, a gente está vendo isso e tentando propor ao executivo a ter um encaminhamento diferente”. Comenta Gallina.

Em quatro anos, o valor gasto com o pagamento de alugueis ultrapassa R$ 4 milhões. “Num levantamento prévio, dos 22 imóveis já fizemos a visita em oito deles. Sabemos que todos os órgãos que estão locados ali são de fundamentais importâncias. Podemos centralizar alguns órgãos afins. Vamos passar para o prefeito sugestões e cabe a ele executar ou não”.

Segundo informações apresentadas no levantamento, são gastos mensalmente R$ 4.200,00 em aluguel para a Casa Apoio. A estrutura utilizada pelo Conselho Tutelar, no centro da cidade é pago R$ 2.536,39. Outro espaço que tem um valor considerado no aluguel é a Biblioteca, a prefeitura paga mensalmente R$ 5.201,22. A estrutura aonde o SAMU 192 está instalado gera custos de R$ 5.983,89 somente com aluguel. Esses são alguns valores dentre os 22 imóveis locados pela administração municipal.

“Por exemplo Conselho Tutelar, Debetran, Delegacia da Mulher são órgãos afins que poderiam ser alojados em um único imóvel, isso traria uma economia muito grande. A população de Francisco Beltrão que paga os impostos, isso poderia ser revertido num bem-estar”. Destaca do legislador.