As mulheres ganham, em média, 14,83% menos que os homens em Palmas, segundo os últimos dados divulgados pelo Ministério da Economia, referentes ao ano de 2018.

A média geral dos salários dos trabalhadores formais do município é de R$ 2.176,90. Entre os homens, a média é de R$ 2.306,95. Já entre as mulheres, o valor fica em R$ 1.964,92. Comparado ao ano anterior, 2017, a diferença salarial entre os gêneros diminuiu, visto que as mulheres recebiam, em média, 15,06% menos naquele ano.

Entre os setores da economia local, o segmento de serviços é o que apresenta a maior disparidade entre os salários, com as trabalhadoras ganhando, em média, 37,63% menos. Em seguida aparecem o setores agropecuário (-27,38%) e da administração pública (-23,77%).

  • Compartilhe no Facebook

Fonte: Ministério da Economia

Comparando as faixas salariais entre as ocupações com o maior número de trabalhadores, apenas as professoras do ensino fundamental ganham mais que os professores. Nas funções de alimentador de linha de produção, impregnador de madeira, vendedor e auxiliar de escritório, os homens tem salários maiores.

Por outro lado, as adolescentes, entre 14 e 17 anos, e as idosas com mais de 65 anos ganham mais que a média dos homens nessas faixas etárias.

  • Compartilhe no Facebook

Fonte: Ministério da Economia

Na média geral, o município de Palmas supera os percentuais do Paraná e do Brasil. Em nível nacional, o salário dos trabalhadores do sexo masculino é de, em média, R$ 3.268,81 e o das mulheres é de R$ 2.798,06 – 14,40% menor. No Estado, a diferença é de 13,27%, com elas ganhando R$ 2.739,48 e os homens, R$ 3.158,79.