O IPVA – Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores deverá ter um aumento de sua alíquota a partir do próximo ano. Essa é uma das medidas do pacote apresentado pelo  governador Beto Richa(PSDB) aos deputados da base aliada na manhã de hoje(02). Ao todo, foram encaminhados à Assembléia  16 projetos.

Em relação ao IPVA, o Paraná passaria a cobrar 3,5% sobre o valor do veículo, contra os atuais 2,5% da tabela FIPE. Ao ser aprovado, será um dos mais elevados  índices, inferior apenas aos estados de Rio de Janeiro e Minas Gerais que utilizam a base de cálculo de 4%. Conforme publicou o jornal Gazeta do Povo, além de medidas para aumentar a arrecadação, o governador anunciou que serão extintos  cargos comissionados e as secretarias de Assuntos da Comunidade, Indústria e Comércio e do Trabalho, que deverão ser fundidas à outra pasta.

A previsão  do presidente da Casa, Valdir Rossoni, é de que os projetos sejam votados em regime de urgências antes do recesso legislativo. Já o líder do governo, deputado Ademar Traiano, avaliou que as medidas, mesmo impopulares, são necessárias para colocar as contas do estado em equilíbrio, a partir de uma economia de R$ 1 bilhão de reais.