A intenção de presentear no Natal aumentou entre os paranaenses neste ano, em relação as manifestações de 2016. A Sondagem de Intenção de Compras foi realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR). A esperança dos comerciantes é que as vendas possam tirar 2017 do vermelho. Na região Sudoeste do Estado, no acumulado de janeiro a setembro, foram 0,63% inferiores ao mesmo período de 2016.

Conforme o levantamento, 76,5% dos consultados pretendem comprar presentes, ante, 75, 5% no Natal passado. O pagamento à vista será a preferência de 58% dos paranaenses. Parcelar as compras no cartão de crédito será a opção de 28% dos consumidores. Já a compra no cartão de crédito, para pagamento integral na data do vencimento, será a escolha de 13%. O carnê ou crediário aparece como possibilidade de pagamento para 1% dos entrevistados.

O valor dos presentes deve ser um pouco menor neste ano. O tíquete médio será de R$240,00 para a compra de todos os presentes. No ano passado, o valor do tíquete médio era de R$292,50. Em 2015 o gasto foi de R$256,00 e de R$295,00 no Natal de 2014.