As exportações dos produtos palmenses renderam 13 milhões de dólares no mês de março, com alta de 18% em relação ao mês anterior. Na soma do primeiro trimestre, entretanto, há retração de 10,99% nas vendas. Os embarques de carnes e componentes para a indústria farmacêutica tiveram as maiores altas no primeiro trimestre. A indústria madeireira teve movimentação financeira menor, mesmo com maior quantidade embarcada de compensados.

Conforme a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, o total de vendas este ano chegou aos 33 milhões de dólares contra 37,1 milhões no ano passado. A totalidade da indústria local embarcou 53,9 mil toneladas contra 48,8 mil no ano passado.

A exportação de carne suína teve aumento de 116% de 769.97% no segmento que incluem as miudezas refrigeradas ou congeladas. Outro setor que teve aumento acentuado foram os componentes da indústria farmacêutica (Heparina e Sulfato de Condroitina) que totalizar aumento de 54%, com 4.5 milhões de vendas.

Produtos da indústria metalomecânica também apresentaram boa evolução de vendas com crescimento de 74,97%. Do total embarcado, somente a indústria madeireira foi responsável pela movimentação de 25,5 milhões de dólares no primeiro trimestre.As importações atingiram pouco mais de 31 mil dólares no período