A parceria de mais de 20 anos entre a Cresol e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) já beneficiou milhares de famílias e repassou mais de R$ 10 bilhões aos cooperados Cresol. Juntas, as instituições continuam beneficiando e realizando o sonho de famílias que querem prosperar com o seu negócio e, por isso, trabalham para reverter o cenário econômico atual, onde micro, pequenas e médias empresas passam por um momento incerto sobre a manutenção do seu negócio.

Em Santa Izabel do Oeste, no Sudoeste do Estado, o cooperado Marcos Soranso, sócio da empresa Whisky Jeans, contou o que está fazendo para reverter a situação que enfrenta com a sua fábrica de jeans. Segundo ele, nunca imaginou passar por uma situação como essa que muitos empresários estão enfrentando.

“Nunca tinha passado por nada igual e quando uma crise como essa, do Covid-19, chegou, nós refletimos e começamos a pesquisar como outras empresas enfrentaram as crises passadas, e assim pensamos em uma estratégia”, disse o cooperado que buscou na Cresol a solução de crédito ideal para sua empresa não sofrer prejuízos: “eu trabalho com a Cresol desde o início das suas atividades no município, sempre foi nossa parceira, temos um diálogo muito aberto e ela vem nos auxiliando, trazendo crédito acessível para que possamos fomentar nossa produção e continuar gerando empregos”, destacou.

O Superintendente da Central Cresol Baser, Adriano Michelon, lembra que a parceria da Cresol com o BNDES é fundamental para que as cooperativas ofertem as soluções que os cooperados precisam para manter ou alavancar seus negócios. “Mais uma vez o BNDES disponibilizou recursos para que as nossas agências pudessem operar e proporcionar a solução que o cooperado precisa, seja ele de qualquer ramo”, explicou

Para suprir com os gastos e manter sua empresa em funcionamento, o empresário obteve um crédito com valor superior a cem mil reais, que vai garantir o emprego de 150 famílias. “Pra nós, quando se falava em crédito do BNDES, imaginávamos que apenas grandes empresas, com mais de mil funcionários, conseguiam recursos direto do banco. Nossa empresa está sendo abençoada com esse recurso do BNDES, pois são 150 famílias que dependem da fábrica. Só posso agradecer a Cresol e o BNDES por esse apoio, pois com certeza será um fôlego para a empresa que no momento está sem faturamento, mas que voltará com o pé direito”, finalizou.

A Cresol está atuando com todos os cuidados e medidas orientadas pela OMS e sabendo da preocupação que as pessoas e empresas têm em honrar com seus compromissos, disponibiliza linhas de crédito com alongamento de prazos para pagamento e condições facilitadas para contratação. Mesmo de longe, a Cresol quer estar junto dos seus cooperados neste momento.

Fonte: Assessoria Cresol