O Departamento de Educação de Palmas, sul do Paraná, reduziu em mais de 80 mil reais as despesas no primeiro mês de vigência do Sistema de Gestão Educacional que começou a ser implantado no mês de junho deste ano. Uma série de medidas foram adotadas para evitar que o sistema educacional municipal ficasse inviabilizado pelos elevados custos. A meta é reduzir a folha de pagamento para um patamar mensal de R$ 780 mil. O município vinha gastando mais de R$ 900 mil mensais.

O relatório apresentado nesta segunda-feira (04) mostra que o resultado foi obtido a partir de ajustes com pagamentos e adequação do quadro de profissionais que atuavam através de PSS, PSS Estágio e Aulas Extraordinárias. Também foram feitos ajustes no quadro dos Serviços Gerais e pagamentos de gratificações.

Conforme o Diretor do Departamento de Educação, Claudio Teixeira Lombardi, o resultado é fruto de auditoria realizada nos meses de maio e junho para verificar demanda total em todos os setores. “Com reorganização e redução de despesas em cada segmento junto ao centro de custo folha de pagamentos, nesses primeiros 30 dias obtivemos um redução de R$ 81.711,60”, informou.

 As maiores reduções de gastos ocorreram no quadro funcional que atuava nos serviços gerais com aproximadamente 68% e com os contratados via Processo Seletivo Simplificado com um índice 26,5%. Conforme o diretor estão sendo combatidas algumas distorções existentes e a tendência é de uma economia ainda maior. “Até o final do ano o valor na redução de despesas deverá aumentar, pois gradativamente estamos atacando situações pontuais do Departamento”, explicou.  

TOTAL GERAL DAS ESCOLAS 2014

GRÁFICO VALORES

GRÁFICO GERAL