Trabalhadores da indústria da madeira  de Palmas e Coronel Domingos Soares terão um aumento salarial de 10.20%. O percentual foi definido através de negociação entre o sindicato patronal(Sindipal) e dos trabalhadores SINTRACON(Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da construção e do Mobiliário de  Palmas).

Conforme o dirigente sindical, Gilberto Antonelli, após longa negociação foi estabelecido um ganho real de 3,04 por cento aos trabalhadores, além do 7,16%  do índice básico, o  INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), do período.

Conforme explicou Jorge da Silva, com o reajuste o salário base  dos trabalhadores, incluídos na função de servente, será de R$ 810,00;  Já para operador de máquinas(nível 2), R$ 891,00. Para o nível 1, o salário base passará a valer  R$ 1.059,00.Os supervisores passarão a ter um  base de R$ 1.377,00.O percentual é extensivo, de forma igualitária, a todos os níveis e categorias. Os valores são retroativos a primeiro de maio de 2013 a  30 de abril de 2014.