De acordo com a pesquisa realizada mensalmente pelo Grupo de Pesquisa Economia, Agricultura e Desenvolvimento – GPEAD/Unioeste e colaboradores, foi constatado que em julho a cesta básica de alimentos apresentou redução de preço nos municípios de Dois Vizinhos, Francisco Beltrão e Pato Branco, no Sudoeste do Paraná, a queda verificada foi de (-4,67%), (-3,10%) e (-8,23%) respectivamente.

Em valores nominais a cesta básica ficou em  R$ 362,56 em Dois Vizinhos, R$ 354,62 em Francisco Beltrão e R$ 337,25 em Pato Branco. Isso significa que com relação ao valor da cesta de junho, a redução de custo foi de (R$ 15,75), (R$ 11,35) e (R$ 30.23) respectivamente.

A pesquisa constatou também, que no mês de julho houve redução de preços em todas as capitais. As quedas mais expressivas ocorreram em Aracaju (-6,04%), Natal (-4,02%), Rio de Janeiro (-3,89%) e Recife (-3,81%).

Nos três municípios do Sudoeste do Paraná pesquisados, o feijão, a batata, o tomate, o óleo de soja e o leite tiveram redução de preços, enquanto que as altas  de preços ocorrem no pão e no açúcar (exceto Dois Vizinhos) e o pão, a farinha de trigo (exceto Pato Branco) e a carne (exceto Pato Branco). Para o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), a queda ocorrida no preço do feijão preto está associada a menor demanda. Enquanto o tomate teve uma maior oferta em razão de um clima mais favorável a maturação da fruta.

Com relação aos produtos que tiveram comportamento de alta destacam-se na pesquisa, o arroz e o açúcar. Apesar de uma demanda mais baixa, a alta no preço do arroz está relacionada as negociações entre produtos e a indústria. Situação semelhante ao açúcar, que apesar de uma oferta maior – pleno período de safra – o preço aumentou no varejo. Nos municípios do sudoeste houve redução de preço do arroz em Francisco Beltrão (-0,34%) e (-5,15%) em Dois Vizinhos, mas com alta de (0,63%) em Pato Branco. De forma particular, no Sudoeste do Paraná os produtos que apresentaram comportamento de queda e que, de forma significativa contribuíram para a redução no preço da cesta básica de alimentação em julho foram, notadamente, a batata do tipo monaliza, o tomate graúdo, o leite e o feijão.

Em entrevista a Rádio Onda Sul FM, o Professor, José Maria Ramos, coordenador do GPEAD/Unioeste, falou sobre essa redução de preços no custo da cesta básica. Confira o áudio da matéria na íntegra: