A alta no índice de inadimplência do consumidor brasileiro, recentemente divulgada pelo Serasa, chegou a quase 15 por cento se comparado com o fim de 2011. E por causa disso os principais bancos do País estão promovendo uma campanha para renegociar parte das faturas atrasadas. Segundo dados do Banco Central, a inadimplência, atraso com mais de 90 dias, em cartões de créditos atinge quase 28 por cento dos usuários.

Os consumidores têm algumas opções para quitar as dívidas. Alguns bancos oferecem a renegociação do saldo devedor com taxa de juros a partir de 1,5 por cento ao mês. Outros bancos ainda oferecem aos clientes a opção de renegociar a dívida pela internet, pelo caixa eletrônico, por contato telefônico ou pelo atendimento nas agências.

Os bancos oferecem, também, financiamentos em longo prazo de até 36 parcelas.