Nesta sexta-feira (29), a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou que estará mudando a bandeira tarifárias das contas de energia e que para o mês de dezembro, a cor será amarela e terá um custo equivalente a R$ 1,34 para cada 100 quilowatts-hora consumido pela população.

A decisão da agência é devida as condições climáticas para o próximo mês, que potencialmente proporcionará um período maior de chuvas para as bacias hidrográficas do SIN (Sistema Interligado Nacional), onde caracteriza-se o início de um período úmido na região das bacias.

Segundo a Aneel, a previsão é que em dezembro, os reservatórios elevem de forma gradativa, porém destaca que os patamares ficarão abaixo da média. A condição intermediária fará com que a capacidade de produção das hidrelétricas seja repercutida e que poderá ter o acionamento de parte do parque termelétrico.

A Aneel explica que o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerado, possibilitando que os consumidores façam o bom uso da energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias é simples: as cores verde, amarela ou vermelha indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

Informações: Agência Brasil