Índice de execução do orçamentária de Palmas, sul do Paraná, deverá fechar o ano entre 60 a 65% do orçamento de 2017. É o que mostra o Portal da Transparência com dados relatados até esta quarta-feira(26). Neste ano o  município contabiliza arrecadação, entre todas as fontes, de R$ 98.796.796,16, ante a projeção de R$ 160.956.362,16, correspondente a 61,38%. Nesta quinta-feira(28), o governo federal repassa a última parcela do ano do Fundo de Participação (FPM) ao município.

Para 2018 foi aprovado um orçamento de R$ 200 milhões,  valor estabelecido com base na evolução das receitas nos últimos cinco anos e gastos dos departamentos  da administração no mesmo período. Além disso, são levadas em conta as expectativas de arrecadação de tributos municipais e as demandas das pastas.

Estima o contador da prefeitura, Ezequiel Goulart, que para para o próximo ano a arrecadação total deve ser igual à de 2017,  cerca de R$ 105 milhões, podendo chegar aos R$ 110 milhões em uma previsão otimista.  Aponta que com o pequeno crescimento da economia em nível nacional não há perspectiva de maior arrecadação com o FPM ou ICMs, por exemplo. Além disso, há uma série de restrições impostas pela Lei de Responsabilidade Fiscal, que impedem a formalização de convênios em ano eleitoral.