Entrega da Cartilha dos Candidatos / Foto: Assessoria ACEC
  • Compartilhe no Facebook

Entrega da Cartilha dos Candidatos / Foto: Assessoria ACEC

Nos últimos dois meses a Associação Comercial e Empresarial de Chopinzinho (ACEC), ouviu os empresários do município. Através de questionamentos, 167 pessoas responderam 12 perguntas relacionadas aos mais variados assuntos e problemas da cidade. O resultado final foi a Cartilha dos Candidatos.

Na noite de quarta-feira (21), um evento promovido na sede da ACEC aconteceu a entrega oficial da Cartilha para os dois candidatos que disputam o principal cargo do executivo municipal, Álvaro Dênis Ceni Scolaro e Jurandir Martinelli.

“É um projeto que a associação desenvolveu visando os anseios da classe. Várias questões foram levantadas, tivemos grande número de respostas”. Destaca o Presidente da entidade Felipe Pivatto.

Na oportunidade cada candidato assinou um termo de compromisso, sendo que após eleito devem colocar em prática os interesses apontados pela classe empresarial.

Entre os temas abordados na Cartilha encontra-se, parque industrial, projeto incubadora de empresas, fundo municipal de Desenvolvimento Econômico, incentivos a empresas já existentes, estudo de viabilidade para trazer instituição de ensino superior de caráter técnico para Chopinzinho, dentre outros.

 

TERMO DE COMPROMISSO PARA CANDIDATOS AO EXECUTIVO

1- Criação uma lei que permita a utilização de máquinas para adequações em terrenos, abertura de ruas, acessos e terraplenagem para as empresas.

2- Investir na criação e construção da infraestrutura necessária do parque industrial.

3- Criar projeto para incubadora de empresas, com o fim de estruturar empreendimentos através de acompanhamentos (contábil, jurídico e de gestão) para que seja verificada a viabilidade do negócio, sendo que depois desta avaliação o mesmo passa a ter direito a incentivos através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Tecnologia (SDEIT).

4- Criar um fundo municipal de desenvolvimento econômico em conjunto com o conselho municipal composto por membros da sociedade civil (empresários e presidentes da entidade), o qual posicionará acerca do recebimento e gestão dos recursos oriundos das esferas municipal, estadual e federal. Recursos os quais serão disponibilizados através de critérios estruturados, para que se tenha justiça no repasse e cobrança dos recursos.

5- Disponibilizar incentivos a empresas já existentes no município que tenham previsão real de crescimento.

6- Prever o aumento da porcentagem de repasse a SDEIT, na LDO. (Sendo que hoje fica em torno de 0,82%). Esse aumento deve dar condições reais de trabalho à secretaria, para que a mesma possa promover o desenvolvimento econômico do município.

7- Criar local de atendimento dentro da prefeitura que tenha como finalidade agilizar os processos burocráticos relativos às necessidades empresariais.

8- Implementar sistema de gestão informatizada na Prefeitura, visando agilizar processos burocráticos internos.

9- Instituir possíveis isenções fiscais, que venham a incentivar empreendimentos que tenham alto índice de retorno econômico e social para o município.

10- Auxiliar na criação e custeio de um ponto de atendimento que tenha SEBRAE, SENAI e SENAC, a fim de atender todas as demandas de consultorias e assessorias técnicas.

11- Viabilizar verba municipal para ampliação da segurança pública no centro e bairros, aumentando o efetivo policial e os sistemas de vigilância em Chopinzinho.

12- Reincorporar a jurisdição da Comarca de Chopinzinho, os Municípios de Saudades do Iguaçu e Sulina, visto que e sem eles, o Fórum começa a perder a sua relevância, e corre o risco de regredir na hierarquia do Poder Judiciário, além do que o Município perdeu também a representatividade, com reflexos diretos no comércio local. Há insatisfação, inclusive, dos cidadãos daqueles Municípios, quanto à situação hoje existente tanto quanto à demora no andamento das ações, quanto nas opções de comércio.

13- Desenvolver um projeto mediante um estudo de viabilidade para trazer instituição de ensino superior de caráter técnico, sendo como sugestão a Faculdade da Indústria a qual pertence ao Sistema “S”.

14- Pedimos que a indicação do Secretário da SDEIT seja precedida de discussão com a ACEC, para que o mesmo tenha alinhamento com a entidade afim de que possamos trabalhar em conjunto.

15- Desenvolver um estudo para resolver o problema de falta de vagas para estacionamento no centro do município, através de incentivos a proprietários de terrenos vagos, para que os mesmos possam ser utilizados para estacionamento.