Grupo RBJ de Comunicação
Grupo RBJ de Comunicação,
13 de abril de 2024
Rádios

Dom Edgar adverte: Meio Ambiente do Sudoeste do Paraná pede socorro

Bispo de Palmas e Francisco Beltrão destacou nesta semana sobre a ação humana como causa da crise climática

Meio Ambiente

por Ivan Cezar Fochzato

crimes ambientais
Ilustrativa/ Divulgação/IBAMA
Publicidade

Uma semana após ter publicado sobre a crise climática e o impacto no Sudoeste do Paraná, o Bispo de Palmas e Francisco Beltrão, retomou o tema com a publicação: A Crise Climática e as Causas Humanas. As manifestações de Dom Edgar Xavier Ertl seguem as exortações apostólicas pelo Papa Francisco, nas quais aborda as questões ambientais, em dimensões globais. Por sua vez, Dom Edgar adverte que o meio Ambiente do Sudoeste do Paraná está pedindo socorro.

[Grupo RBJ de Comunicação] Dom Edgar adverte: Meio Ambiente do Sudoeste do Paraná pede socorro — "Modifiquemos, pois, o nosso relacionamento e o comportamento com o planeta. Eis a nossa herança depois de nossa passagem por este mundo".
"Modifiquemos, pois, o nosso relacionamento e o comportamento com o planeta. Eis a nossa herança depois de nossa passagem por este mundo".

Nesta semana, Dom Edgar questiona se as crises climáticas são causadas pelas ações humanas ou naturais. Argumenta, que a origem humana da mudança climática já não se pode pôr em dúvida. A concentração dos gases com efeito estufa, no século XIX, começaram a aumentar, pelo progresso industrial e vem acelerando nos últimos cinquenta anos. Neste período a temperatura aumentou a uma velocidade inédita, sem precedentes nos últimos dois mil anos. “Não podemos continuar a duvidar que a razão da insólita velocidade de mudanças tão perigosas esteja neste fato inegável: os enormes progressos conexos com a desenfreada intervenção humana sobre a natureza nos últimos dois séculos.

Adverte que o meio ambiente do Sudoeste do Paraná está pedindo socorro. É urgente uma intervenção radical para salvar o que ainda é possível ser salvo. Não é visão apocalíptica. É a realidade que nos circunda. É uma pauta urgente o cuidado do ambiente, nossa “casa comum”.

 

Publicidade