Palmas está enfrentando mais uma tarde  de sol forte e clima eco. Na medição feita às 15h00, a Estação agroclimática do IAPAR mediu Umidade Relativa do Ar de 28%. Ontem no mesmo horário, o valor foi de 30%. Além desse fator, que é prejudicial à saúde, a intensidade dos Raios Ultra Violetas, alcançaram valor máximo na tarde desta quarta-feira.

Tanto em uma quanto outra situação, é necessário que a população destas áreas beba muito líquido a fim de se manter hidratada é recomendável ainda o uso de soro fisiológico nos olhos e nas narinas e evitar a prática de exercícios físicos entre ás 10 e 17 horas.

Os principais problemas típicos desta época do ano são doenças como bronquite, asma e rinite alérgica. Os cuidados devem ser redobrados com crianças e idosos. quem vai aproveitas as praias do estado, atenção especial a crianças e idosos.

O índice de umidade relativa do ar recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é de 60%.Quando a umidade do ar mínima chegar a 30% é preciso estar em observação; de 30% a 20% é considerado estado de atenção; de 20% a 12% estado de alerta; e abaixo de 12% já é considerado situação de emergência.

09/05/2013 – Palmas registra a mais baixa umidade relativa do ar desde 1922