Um homem de 46 anos morreu ontem (26) ao meio na BR 280, em Marmeleiro, após ter o caminhão que dirigia, em Mercedes Benz, atingido na parte dianteira por um tanque usado para transportar leite.  O acidente ocorreu na saída de Marmeleiro para Flor da Serra do Sul, por volta do meio dia. Paulo Capelari, 46 anos, seguia sentido Marmeleiro quando, numa curva, o caminhão dele foi atingido pelo tanque que se desprendeu de outro caminhão que fazia o sentido contrário.

Paulo ficou preso entre as ferragens e mesmo com ajuda de populares, não suportou até chegada dos Bombeiros e Socorristas do SAMU.  O corpo do motorista foi recolhido ao IML de Francisco Beltrão, após perícia da Criminalística. O motorista do caminhão que rebocava o tanque não parou no acidente e foi detido pela Polícia Militar de Flor da Serra do Sul. Francisco Alves, 58 anos, foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Marmeleiro onde prestou depoimento, tendo declarado que não viu o tanque se desprender e tão pouco o acidente.

Francisco que é de Treze Tilhas (SC) foi autuado por afastar-se do local do acidente para fugir da responsabilidade  pena ou civil e também por desobediência, com base nos artigos 304 e 305 do Código de Trânsito Brasileiro. O delegado Valderez Scalco arbitrou fiança em 10 salários mínimos. Como esse valor não foi pago, Francisco permaneceu recolhido junto a 19ª SDP de Francisco Beltrão.

Conforme o delegado, dependendo do que for apontado no laudo da perícia, o motorista poderá ainda responder pelo crime de homicídio culposo – quando não há intenção de matar.  A princípio, a polícia acredita mesmo na versão de que não teria visto o acidente, isso por que imagens das câmeras de monitoramento de um posto de combustível que fica na rodovia, mostram o caminhão passando lentamente sem a parte traseiras. Ou seja, se estivesse fugindo andaria em alta velocidade.

Fotos: Reprodução Rede Massa (SBT)